Arquivo mensal: janeiro 2012

31/jan/2012

Destinos do surf: Portugal

Ora pois. Inspirados pelo vídeo abaixo, que a gente viu no Facebook da Fluir , o post-turismo dessa semana é sobre Portugal.

Na ponta da Península Ibérica, o país abriga alguns dos melhores picos de surf de toda a Europa. A região de Ericeira é consagrada como reserva mundial de surf, a primeira do velho continente e a segunda no mundo todo. A escolha das reservas é feita pela organização Save the Waves, que se dedica a assegurar a proteção dos recursos naturais da região, mantendo a costa intocada e sem prejudicar as ondas. Ericeira foi escolhida por causa das formações que apresenta. “A Ericeira tem ondas muito diferentes, desde ondas curtas a ondas longas, ou seja, tem um leque de várias ondas diferentes numa área tão pequena, que fazem desta zona um sítio único na Europa e no mundo”, as palavras são do surfista português João de Macedo, para o Jornal de Notícias.

A principal dica de viagem é: alugue um carro. As praias são bem próximas umas das outras, e em menos de meia-hora você sai do crowd para uma praia deserta.
Principais picos: São Pedro do Estoril, Aveiro, Carcavelos, Costa da Caparica, Ericeira, Guincho, Madeira, Martinhal, Matosinhos e Praia Grande.
Neste site você consegue ver ao vivo as condições do mar, através de web-cams.
Vale o click. Ou como dizem por lá, vale descarregar.

30/jan/2012

Tangerine Tango: a cor de 2012

Todos os anos a Pantone (empresa responsável pelos sistemas de cores mais usados no mundo) elege uma cor que vai marcar os próximos 12 meses. Seja no design gráfico, na moda, na decoração. A cor vai dar o que falar, até a gente enjoar dela. É o Michel Teló das cores.

Pois então, esse ano a eleita é uma cor chamada Tangerine Tango. Um laranja mais avermelhado, mais dramático. Perfeito para o inverno, mas encaixa perfeitamente nos looks de verão.

Na moda, o Tangerine Tango deve aparecer principalmente nas roupas, mas alguma coisa em acessórios também, principalmente bolsas.

Looks Verão 2012 de Charlotte Ronson, Elie Tahari, Nanette Lepore e VPL. Montagem: FFW.

E olha a cor aí nos desfiles do último SPFW: Animale, Cori, Osklen e Triton.

De acordo com os especialistas da Pantone, a cor dá a dose de entusiasmo que precisamos para enfrentar 2012. Então tá, né!

 

27/jan/2012

Destinos do surf: Santa Catarina, Brasil

Tá bom, surfar em Santa Catarina não é exatamente um lugar novo, um spot exclusivo e intocado. Mas com o Carnaval chegando (e pra quem tem feriadão no outro final de semana em função do Dia de N.S. de Navegantes) o melhor que a gente consegue aproveitar e planejar por agora é ficar por perto mesmo.
E tem tanta coisa boa pra ver e fazer sem precisar ir longe. Tanta coisa que a gente dividiu esse tema em vários posts, começando pelo Sul de Santa Catarina.
Alguns picos da região não deixam nada a desejar para os gringos, em termos de mar e visual. Como a Praia da Vila, em Imbituba, que já foi sede do circuito mundial de Surf. Indicada para surfistas com experiência, com excelentes ondas de direita e de esquerda.

A Praia da Silveira é para surfistas profissionais, com ondas de direita sinistras. O Rosa Sul e Rosa Norte são mais democráticos para os surfistas, dos iniciantes aos experientes. O problema é achar lugar na água, o pico é crowd o ano inteiro!

Para os mais experientes tem também o Arroio do Silva, balneário da cidade de Araranguá. Ondas tipo beach-break, de direita e de esquerda.

Qual o seu pico preferido? Se ainda não falamos sobre ele, nos mande sua sugestão!

Fotos: Blog Tem Preguiça Não e Blog Jussi Moraes

26/jan/2012

Skate e superação. Ítalo Romano na megarrampa de Bob Burnquist

Esta história está cheia de fatos incomuns. Uma megarrampa de 27 metros construída em uma montanha no quintal da casa do astro do skate Bob Burnquist. Coisa que não se vê todo dia, certo?

Também não se vê todo dia a equipe do Caldeirão do Huck e da Revista Trip se interessar por cobrir um cara que tá indo saltar nessa rampa. Afinal, o Bob deve fazer isso com os amigos todo dia.
Mas não é todos os dias que um desses amigos vem do Brasil para superar seu maior desafio. Esse amigo é Ítalo Romano, campeão de skate na etapa amadora do Paraná. Ele foi convidado a ultrapassar a rampa de Bob e toda a repercussão foi por causa de um detalhe importante na história de vida desse cara: ele perdeu as duas pernas em um acidente de trem, aos 11 anos.

Aos 12 anos descobriu que o skate era muito útil do que a cadeira de rodas, e não parou mais. O campeonato paranaense? Título legítimo e mais do que merecido, disputado entre competidores que possuem as duas pernas.
Mas sua maior vitória seria essa: em frente a uma das lendas do skate, no quintal da casa do cara, enfrentar a megarrampa que já meteu medo em muito profissional.
Na primeira tentativa ele foi, mas tentou frear com as mãos na pista. Normal, tem gente muito maior que desistiu antes. Mas não conseguiu parar por completo, e foi arremessado no vão central, parando na rede de segurança.
Da segunda vez não parou e se foi, enlouquecendo a pequena plateia. Mas na hora de aterrissar, largou o skate e desceu deslizando.
Mas ele queria mais, e na terceira tentativa de novo pra rede.
Ok, a quarta de sorte. E foi mesmo. Passou voando e desceu perfeito em cima do skate. O público foi à loucura! O menino paranaense com duas pernas amputadas dominou a megarrampa em San Diego, na Califórnia. E não hesitou.

Parabéns ao Ítalo e aos envolvidos!
Fotos e Infos: Revista Trip

26/jan/2012

Fighting Fear, o novo filme de Macario de Souza

Dois amigos, um big wave surfer e o outro lutador de MMA, que vivem em uma região da Austrália cheia de tentações e perigos. Enquanto eles lutam por seus sonhos, os obstáculos do meio em que eles vivem entram em ação. Um vai parar no hospital, e outro na cadeia. E o resto é a história de superação contada por Macario de Souza em Fighting Fear, seu novo filme.

Os personagens reais são Mark Mathews e Richie Vaculik, amigos de Macario, com histórias de vida que, de acordo com ele, mereciam ser contadas.

Com participação de Kelly Slater, Mick Fanning, Bruce Irons, Steph Gilmore e o campeão de UFC BJ Penn, o documentário ainda traz cenas de surf memoráveis dos dois em busca das ondas gigantes.

Estreou nos cinemas australianos em novembro do ano passado, mas ainda não tem previsão de distribuição no Brasil. Fica a curiosidade, e o You Tube pra ajudar!
Infos: Fluir
Saiba mais em: www.facebook.com/fightingfear

25/jan/2012

Feito gente grande: Grommets Coleção Movie Mix FreeSurf

A coleção Movie Mix você já conhece bem, certo? Já mostramos por aqui o catálogo, sugestões de looks, as bermudas, camisetas e ainda tem coisa pra mostrar…Uma delas é a linha Grommets, a nossa Movie Mix versão mini. Para crianças!
As mesmas referências do cinema, com uma pegada mais infantil, em bermudas e camisetas confortáveis para a criançada aproveitar o verão sem deixar o estilo de lado.

Tem como não amar?

23/jan/2012

Maxicolares para o inverno e o verão

A moda dos colares gigantes parecia ter chegado ao fim com a entrada do pulserismo, dos muitos anéis e com os brincos grandes. Mas não, eles estão de volta!
No São Paulo Fashion Week os maxicolares chamaram a atenção, não nas passarelas, mas nos looks de quem passava pela bienal. A escolha dos fashionistas é um alerta de tendência à vista, e que vai bem no inverno (temporada desfilada no SPFW deste mês) e para o verão que ainda estamos enfrentando.
Mais práticos que os vários anéis, os maxicolares não sofrem no verão com dedos inchados. E vamos combinar que nesse calor senegalês que anda fazendo, difícil manter a elegância cobrindo os dedos e os pulsos.
Para um look fresquinho de verão, que tal um vestido tomar-que-caia e um maxicolar? A gente dá algumas ideias, juntando com os acessórios que apareceram no SPFW, em destaque pela Vogue.

Modelos grandes em cores metalizadas, como dourados e prateados, vão bem em cima de looks em preto. Funcionam super bem com decotes, para dar elegância ao visual.

Versões menores, com várias voltas, combinam com tudo. Ainda mais se for em cores neutras, como as duas opções acima em grafite. Só compensar o tamanho do decote com o volume do colar.

Os coloridos pedem looks neutros, como blusas e vestidos brancos. De tamanhos variados, o destaque aqui foi o verde, cor que combina super bem para o verão e que promete se estabelecer na temporada de inverno.

O colo despido, como no vestido acima, ou o decote discreto de uma camisa neutra, dão o fundo perfeito para valorizar os statement necklaces. Já se a intenção é divertir, uma camiseta estampada cria uma agradável confusão e divide a atenção com o colar, em total sintonia.

Fotos: FreeSurf e Vogue

21/jan/2012

Destinos do Surf: México

Arriba muchachos! O spot de hoje é caliente. Chili e tequila são pão e água por aqui. E é na costa do Oceano Pacífico, com suas praias paradisíacas e seu povo muito hospitaleiro, que o México lhe oferece os melhores picos.

Puerto Escondido, um dos melhores beach breaks do mundo. Incontáveis tubos se apresentam na formação das ondas, paraíso dos tube riders.
Puerto Vallarta, crowd zero. O pico é quase intocado, e parece que ainda não foi devastado pelo turismo. Um dos melhores lugares no México para ir surfar, bem sossegado.
Rio Nexpa, a região de quase 500km de costa, de Barra de Navidad à Ticia, com vários picos escondidos em sua extensão.
Los Cabos, fica no final da Baja Califórnia, com saída também para o Golfo do México, ou como os locais chamam, o Mar de Cortez.

A melhor época para surfar no México é de junho a setembro, verão no hemisfério norte. Durante essa época, os swells entram maiores, impulsionados por furacões (!) na costa, no sentido sul/norte.
Os points do México já foram há muito descobertos pelos surfers gringos, então aproveite o conhecimento dos caras, vai lá e faz uma social com os veteranos, e consiga as dicas certas para aproveitar tudo de melhor que as ondas mexicanas oferecem.

Infos: Nivana
Fotos: National Geographic e Studio 404

19/jan/2012

Surfando na cara do fim do mundo

É, 2012 tá aí pessoal. Os Maias previram o fim do mundo para o dia 21 de dezembro deste ano. Uhm, 21 de dezembro, verão, pouco antes do Natal. Onde você vai estar? Provavelmente no mar.

Belo jeito de enfrentar o apocalipse, não?

Foi o que esses caras pensaram, e resolveram produzir um vídeo de surf prevendo o que pode acontecer em menos de um ano. O fim do mundo chegando, e a galera ali, só a fim de pegar a próxima onda. O melhor são as ondas criadas pelas bombas que vem do céu!

Medo? Pavor? Vontade de pegar onda junto?

A gente adorou o resultado!

18/jan/2012

Gerald Butler e a maior vaca hollywoodiana

O astro escocês Gerald Butler levou a pior vaca da vida nas filmagens de seu novo filme, Of Men and Mavericks. Não sabia que ele era surfista? Pois é, e não é mesmo, mas está aprendendo para interpretar Frosty Hesson, surfista veterano que treinou o ícone californiano Jay Moriarity.

O filme conta a história de Moriarity, interpretado pelo ator Jonny Weston. O cara ganhou destaque na cena surfer com apenas 16 anos, quando participou de um campeonato em Mavericks, na Califa, e pegou uma onda de três metros.

Mas o que importa mesmo foi o caldo que Butler tomou. Resgatado pela guarda costeira, foi parar no hospital e tudo. Mesmo com surfistas experientes no mar com ele, Peter Mel, Zach Wormhoudt e Greg Long participam do filme como consultores, o mar levou a melhor. Nesta entrevista para a NBC ele narra o que aconteceu. (Em inglês).

Vamos todos incentivar Butler a continuar pegando onda e se acostumar. É assim velho, às vezes a gente ganha, às vezes a onda leva. Mas não te entrega!