12/nov/2012

Destinos do Surf: País Basco

Quem aí já pensou em pegar a prancha e ir surfar na Espanha? Claro que os destinos mais frequentes na cabeça são Asutrália, Nova Zelândia, Indonésia… Mas acreditem: países da Europa têm muito mais a oferecer do que a gente imagina.

A sugestão de destinos de hoje é o País Basco, região ao extremo norte da Espanha, que faz fronteira com a França. Além de ser um lugar com fortes marcas de uma cultura local, é extremamente apropriado para o surf, tendo vários spots irados como referência. Os locais se dividem entre ideias para iniciantes ou profissionais. É só escolher!

O pico mais famoso é Mundaka, por receber campeonatos mundiais. É uma cidade conhecida internacionalmente por suas ondas de esquerda e onde só os profissionais costumam entrar. Mais à Oeste da região, na estâcia de Zarautz, está a maior praia do país, com muitas escolas de surf e uma cena consagrada no esporte.

São praias lindas e totalmente preparadas para receber atletas, pois oferecem plena estrutura de hospedagem e lazer. Além de ondas incíveis, é claro. Gostou? É bom ir planejando a próxima surf trip.

 

Fotos: Globo Esporte, Estadão, ESPN

11/out/2011

Sem vento e cheio de história: conheça o Norte da Espanha

Inspirados pelas férias do Jorge Drexler, fomos buscar mais informações sobre um dos picos mais famosos da Europa, o Norte da Espanha.


Praia de Sopelana

As características mais marcantes da região são a ausência de vento e onda todo o ano. Paraíso, ou o quê? Surfers de todo o mundo já descobriram o pico, e vários campeonatos profissionais rolam por lá. Um dos principais cenários é a Praia de Sopelana, no País Basco. Ainda tem os points da Galícia, Astúrias, Cantábria, bem procurados por atletas e amadores para a prática do surf. Alguns desses lugares chegam a ser desertos na maior parte do ano, o que deixa tudo ainda mais interessante.
Mar perfeito, ondas com mais de cinco metros, e sem crowd? Quer mais o quê?

Praia de Zarautz, 21 quilômetros de San Sebastián

Maiores picos: Rodiles, a 27 quilômetros de Gijón; San Vicente de la Barquera, Suances, Liencres e Santa Marina, a menos de 60 quilômetros de Santander; Zarautz, a 21 quilômetros de San Sebastián; Sopelana, Bakio e Mundaka, cerca de 37 quilômetros de Bilbao.

E pra matar a larica, recomendamos fortemente a cozinha local. Muitos pratos à base de frutos do mar, da gastronomia requintada a bons restaurantes de comida mais simples, mas não menos gostosa, com destaque para o cozido de atum e batatas. Acho que vale incluir a Espanha na próxima trip.
Infos: Ig Turismo

10/out/2011

Jorge Drexler, O surfer

Da série “você sabia” que o músico uruguaio Jorge Drexler é surfista? Pois então, é e interrompeu suas férias nas paradisíacas praias do Norte da Espanha para vir tocar no Rock in Rio. E revelou que quando vem pra cá, adora pegar uma onda nas praias cariocas. Próxima trip brazuca dele, já sabe. Corre pra Barra que uma hora ele aparece de prancha e viola na mão.

Quer saber o que rolou no show dele no Rock In Rio, em companhia da artista Tiê?
Confere “La edad del cielo”: